Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Lost In Wonderland

"Who in the world am I? Ah, that's the great puzzle." — Lewis Carroll

"Who in the world am I? Ah, that's the great puzzle." — Lewis Carroll

Lost In Wonderland

01
Jan18

2018 | Livros lidos

wonder girl

«A book is a dream you hold in your hands.»

  • Always With Love - Giovanna Fletcher (eng.);
  • Três Vezes Nós - Laura Barnett;
  • Carry On - Rainbow Rowell;
  • A mulher do meu marido - Jane Corry;
  • O coração de Simon contra o mundo - Becky Albertalli;
  • A Girafa que comia estrelas - José Eduardo Agualusa;
  • Ovos Cozidos - Marisa Núñez;
  • A todos os rapazes que amei - Jenny Han;
  • P.S.: Ainda te amo - Jenny Han;
  • Agora e para Sempre - Jenny Han;
  • O Incrível Rapaz que Comia Livros - Oliver Jeffers;
  • A Menina dos Livros - Oliver Jeffers & Sam Winston*;
  • Para onde vamos quando desaparecemos? - Isabel Minhós Martins;
  • O Ponto - Peter H. Reynolds;
  • Há um Monstro no teu Livro - Tom Fletcher;

 

* - relido

 

(em constante atualização até 31-12-2018)

31
Dez17

2017 | O meu ano em livros

wonder girl

primeiro.png

Segundo.png

Este foi o meu ano 2017 em leituras, segundo o Goodreads. Atrevo-me a dizer que foi um excelente ano!

No início do ano, propus-me a ler 20 livros, mas acabei por ler 46. Nunca pensei conseguir ler assim tanto, sou-vos sincera. Mesmo juntando os diferentes livros infantis que li à lista.

Podem ver todos os livros que li nesta lista, caso estejam curiosos.

 

Como foi o vosso ano em leituras?

 

29
Nov17

Aproveitando promoções.

wonder girl

Como sabem, nos últimos dias ocorrem duas situações que nos presenteou com diferentes descontos - a Black Friday e a Cyber Monday. Aproveitei a primeira, mas online.

E o que é que eu comprei?

Não é nada díficil de adivinhar: livros.

Aproveitei que quinta feira a Bertrand já permitia as compras para a Black Friday e decidi encomendar alguns livros (e agora tenho que os ir buscar quando me mandarem mensagem) e a minha mãe não resistiu a um também:

  • "Mil vezes adeus", de John Green;
  • "Origem", de Dan Brown (para a minha mãe);
  • "Always with love", de Giovanna Fletcher;
  • "Some kind of wonderful", de Giovanna Fletcher.

Mas acham que acabou por aí? Não.

Nesse fim de semana, acabei por comprar o livro "O Guardião dos Objetos Perdidos", de Ruth Hogan, que estava a acumular 10% para o cartão Continente e estava com desconto. Já andava com ideias para o comprar e, como andava sem livro nenhum para ler, não resisti.

E não é que ontem, quando voltei ao Continente para fazer compras, estavam inúmeros livros com desconto? Pois. E nós tivemos que aproveitar! Principalmente porque os que escolhemos estavam com 50% de desconto.

  • "Livre", de Cheryl Strayed;
  • "Esta noite, fala-me de amor", de Elin Hilderbrand;
  • "Três Vezes Nós", de Laura Barnett.

Conclusão? Acho que estou na falência e com espaço nulo onde guardar mais livros, mas vale sempre a pena.

 

Deixo-vos algumas perguntas:

  • Têm aproveitado os descontos? O que têm comprado?
  • Já leram algum dos livros que mencionei? O que acharam?
22
Ago17

Review | O Diagrama de Zenn

wonder girl

⋆⋆⋆⋆⋆

O livro O Diagrama de Zenn (em inglês, Zenn Diagram) é da autoria de Wendy Brant e, tal como Booklist afirma, "é delicioso". Atualmente, no Goodreads, está classificado como 3.79 estrelas. 

A meu ver, este livro tem tudo o que poderá constituir um livro 5 estrelas. Admito que, numa fase, andava a ponderar entre as 4 estrelas e 4.5, mas, ao ler mais, acabei por decidir que, para mim, poderia ser mais um vencedor. Comecei a sua leitura no dia 19 de agosto e finalizei-a a 22.

Primeiro, vou comentar a capa. Acho que é perfeitamente adequada ao livro - as referências bastante evidentes à matemática, o coração que faz um recurso adequado ao diagrama de Venn... Já para não falar que adoro a combinação das cores.

A análise da capa leva-me, então, ao quão adequado é o título da história. Sem querer dar spoilers (e não falando sobre nada mais do que nos é apresentado na parte de trás do livro), Eva é um génio da matemática, que conhece Zenn. A referência é absolutamente perfeita, a meu ver. E o trocadilho do diagrama de Venn com o nome é mesmo ideal.

É um livro de fácil leitura e compreensão, que nos pode fazer pensar sobre alguns dos temas abordados (como a morte, os vícios, as aparências, e o quanto um acontecimento pode mudar completamente o rumo da nossa vida). Importante é também referir que nos faz pensar no amor e nos sacríficios que uma pessoa é capaz de fazer por alguém que ama.

É de referir o quão especial é a Eva - com apenas um toque, ela é capaz de reconhecer sentimentos e emoções da pessoa (seja tocando na pessoa, ou em algum objeto dela). Haverá alguma parte que poderá soar um bocado cliché (não querendo dar spoilers), mas é algo que contribui para o quão especial é esta história (tendo em consideração os acontecimentos que leva a esse mesmo facto).

Assim sendo, é um livro que recomendo 100%.

"Um romance doce, com um pouco de Matemática e uma pitada de magia!"

 

P.S.: Talvez alguns dos livros antes deste acabem por receber uma review também, principalmente aqueles dos quais me lembrar melhor, mas não contem com uma review de todos os livros que já li este ano.

18
Ago17

Enche uma galeria

wonder girl

Há já algum tempo que ganhei um pequeno "vício" (não é exatamente a palavra que procuro, mas terá que servir). Como sabem, adoro ler e gostaria que todos os livros fossem mais baratos, para eu poder comprar todos e qualquer um caso me interessasse. Era isso e ter um espaço infinito para os guardar.

Então, quando ando a passear por sítios como o Continente, a FNAC, a Bertand, etc., adoro ler a parte detrás dos livros (o resumo, por assim dizer) e, quando me interessa e não o compro no momento, pego no telemóvel e tiro fotos às capas. 

A verdade é que este método já me salvou para saber o título exato, assim como o autor; para além disso, ajuda-me a ter noção de quais os livros que me interessaram (assim evito andar sempre a ler os pequenos resumos e é mais rápido).

Algum de vocês faz algo do género?

03
Mar17

Review | Tudo, Tudo e Nós

wonder girl

⋆⋆⋆⋆⋆

Tudo, Tudo e Nós é um livro da autoria de Nicola Yoon e é, sem dúvida, merecedor das 5 estrelas que lhe atribuí (na minha opinião, pelo menos). Comecei-o no dia 12 de fevereiro e, a 13, menos de 24 horas depois, o livro já estava lido e o meu coração já estava mais do que rendido à história, a sentir saudades mesmo antes da última página.

É um livro que frequentemente é encontrado na secção juvenil, mas, pelo que sei, é considerado YA (Young Adult). Eu já perdi a conta ao tempo que tinha este livro na minha lista de leituras desejadas.

Como habitual, não quero dar-vos spoilers, mas fiquem com esta: acontecem reviravoltas (que, admito, eu questionei se aconteceriam, antes mesmo de acontecerem realmente ou haverem pistas de que iriam acontecer).

Emprestei o livro a uma amiga que o adorou e também ficou rendida. Em princípio, irei ver o filme com o meu grupo de amigas (ou parte dele), e já há mais uma delas a querer ler o livro, completamente curiosa, mesmo depois de ter visto o trailer do filme. O engraçado é que, quando lhes dei o livro para a mão, perguntaram-me logo se a personagem principal morria, como em A Culpa É Das Estrelas.

Não tiveram resposta. 

E vocês, querem saber? Corram e vão ler o livro. Acreditem, vale a pena!

P.S. Acho que a capa é linda e adoro a organização do livro.

01
Mar17

Review | After You

wonder girl

⋆⋆⋆⋆⋆

After You (em português, Viver Sem Ti) é da autoria de Jojo Moyes e é a continuação de Me Before You (que li em português - Viver Depois de Ti) e é um livro em que dou 5 estrelas, mas a pender um bocadinho para as 4.5, só porque sinto saudades do Will. Li-o entre os dias 4 e 12 de fevereiro, apesar de ter tanto ler um bocado na minha viagem de avião, no dia 30 de janeiro - o que não resultou muito, daí eu nem ter voltado a pegar no livro.

Antes que pensem que isto é um spoiler - não é! Este livro retrata completamente a vida de Louisa depois do que aconteceu com Will, pelo que é aceitável eu dizer que sinto a falta dele.

Neste livro, ficamos a conhecer a vida de Louisa depois do sucedido e o impacto que teve na sua realidade, o quanto tudo mudou. É um processo de crescimento e descoberta, em que vemos personagens a passar por diferentes fases do luto e a lidar com a sua vida de maneiras diferentes, depois do tempo que passou.

Recomendo, sem dúvida, a leitura do livro, mesmo para aquelas pessoas que acharam que o final do primeiro não foi nada romântico. Eu vejo aquele final como realista (mesmo que, parte de mim, queira que eles tivessem ficado juntos, mas pronto). 

Já ouvi dizer que este livro terá continuação. Não sei se é verdade, mas eu penso que nem é necessário.

O que acharam deste livro? Estão interessados em ler?

26
Fev17

Review | Confess

wonder girl

⋆⋆⋆⋆⋆

Confess é um livro da autoria de Colleen Hoover e já estava na minha lista de leituras há muito, muito tempo. No entanto, acabava por nunca comprar o livro, e, nas minhas pesquisas, acabei por encontrá-lo num blog e guardei-o, para dar uma oportunidade de leitura. Li-o entre 27 de janeiro e 4 de fevereiro, sendo que entre os dias 28 e 3 nem li nada, porque coincidiu com os meus dias de viagem, onde acabei por não ler nada.

Como podem ver pela classificação, dei 5/5 estrelas, porque fiquei absolutamente rendida ao livro. Inicialmente, li parte dele numa tradução brasileira, mas rapidamente desisti e concentrei-me no original, em inglês. Admito que não me importava nada de o ter comprado.

A história surpreendeu-me pela positiva e adorei a original ideia que deu nome ao livro - que não vos vou dizer qual é, porque pode estragar um bocado a admiração pelo quão único é o "acontecimento" que intitula a história.

Adorei as personagens e todo o drama envolvido. Acreditem, fiquei completamente rendida, pelo que recomendo a sua leitura!

Conhecem este livro? O que acharam dele?

P.S. Preparem-se para ficar wow com o "segredo" de Owen, porque eu fiquei.

19
Fev17

Review | I was here

wonder girl

⋆⋆⋆⋆⋆

I was here, de Gayle Forman, foi um livro que me foi oferecido no Natal (e, sim, em inglês. Recebi 3 livros, todos eles em inglês) e eu li-o entre 24 e 27 de janeiro.

Sou sincera: eu deveria mesmo começar a fazer as reviews logo, porque depois começo a esquecer-me do que gostaria de escrever, principalmente por já ter lido mais livros depois.

Este livro contra a história de Cody, que descobre que a vida da sua melhor amiga Meg, que se suicidou, não é nada como ela pensava que era. Durante as páginas deste livro, Cody vê-se no processo de descobrir o que aconteceu e lidar com a sua própria dor e culpa, tentando lidar com os novos sentimentos que lhe aparecem.

Se forem ao goodreads, conseguem ver que (tal como todos os outros) as críticas são bastante diversas. A verdade é que eu adorei este livro e estive presa à história, sentindo-me completamente envolvida.

Conhecem este livro? Já o leram? O que acharam?

15
Fev17

Review | The Spectacular Now

wonder girl

⋆⋆✩✩✩

The Spectacular Now é um livro da autoria de Tim Tharp e fez parte das minhas leituras do passado mês de janeiro (mais precisamente, do dia 11 até 24 de janeiro). Descobri este livro por acaso e fiquei interessada, porque me lembro de ter gostado de ver o filme.

Vou explicar-vos a minha classificação de 2/5 estrelas. É relativamente simples, para ser sincera.

Conhecendo o filme, eu esperei que, quase que naturalmente, eu fosse preferir o livro. Fiquei surpreendida ao compreender que, na verdade, aconteceu exatamente o oposto neste caso em particular.

Não é que eu ache que o livro é mau. Não é uma má história. Mas eu espera mais, para ser sincera. E vê-se o crescimento da personagem principal, mas mesmo assim, não posso dizer que seja uma das minhas personagens preferidas.

Sinto que demorei anos a ler este livro, porque, nos primeiros dias, segundo os meus registos (momento de agradecimento ao goodreads), eu pouco li. Na verdade, a partir de dia 21 é que parece que comecei a ler o livro, praticamente.

Com isto, podemos concluir que foi uma história que não me prendeu muito (acho que também foi um pouco influenciado por ser um livro que tinha no telemóvel e andava a ler por lá), mas consegui tolerar e concluir a leitura.

Vamos, então, focar-nos nos pontos positivos: Shutter é uma personagem que passa por um crescimento e um caminho de descoberta, mesmo que possa não ser completamente satisfatório para o leitor (dependendo das suas expectativas); é abordada a importância de uma pessoa ser independente e se autodescobrir, lutando pelo que quer e por aquilo em que acredita; há uma clara abordagem a problemas alcoólicos (que, às vezes, até parece demais, mas, se formos a pensar bem, é realista na época em que estamos e o fácil acesso que se tem a estas bebidas). O maior ponto positivo para mim é o quão realista conseguiu ser (principalmente o final, que vou optar por não spoilar para ninguém).

Já leram este livro? O que acharam?

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D